sábado, 31 de outubro de 2015

NUNCHAKU VINGADOR

Visual construido conforme
descrição do criador do personagem



NOME ORIGINAL: NUNCHAKU VINGADOR
PAÍS: Brasil
CRIADOR(ES): J. Modesto
DATA DA CRIAÇÃO: Junho de 2006.
PRINCIPAIS INIMIGOS: Samuel Macuco.

PODERES: Os poderes e habilidades de Nunchaku Vingador consistem de sua habilidade em Artes Marciais e de seu conhecimento sobre ocultismo. Possuiu grande habilidade no manuseio do Nunchaku, arma branca formada por dos bastões unidos por um pedaço de corrente ou corda. Tal arma ficou mundialmente conhecida quando foi utilizada por Bruce Lee no filme Operação Dragão (Enter the Dragon, 1973).

FRAQUEZAS: Todas as de uma pessoa comum, pois ele não possui superpoderes, valendo-se apenas de sua grande habilidade nas diversas formas de Artes Marciais.

HISTÓRICO DO PERSONAGEM: Paulo Gonçalves teve seus pais mortos por ordem de Samuel Macuco, conhecido por ser um famoso empresário, mas na verdade é o Chefe do Submundo do Crime da cidade de São Paulo. Fã de Artes Marciais desde garoto, intensificou seus treinamentos a um nível quase que doentio quando seus pais foram mortos, encontrando na filosofia oriental forças para suportar sua perda. Mais tarde, fatos importantes colocaram ele e o assassino de seus progenitores frente a frente, acabando por fazer emergir toda a amargura e ódio represados, transformando-o no justiceiro Nunchaku Vingador. Após perseguir Samuel Macuco durante anos, provocando sérios prejuízos ao Chefe do Crime organizado paulistano, Nunchaku Vingador se viu em meio a um embate de seres sobrenaturais, sendo formado a aliar-se ao vampiro francês, Jean Chauvigny, o qual buscava vingança contra os Demônios Elementais, que trucidaram seus entes queridos séculos antes.
Após uma batalha feroz, Nunchaku Vingador saiu vitorioso, mas acabou pagando um alto preço.

 Capa 1ª Edição                           Capa 2ª Edição

O HERÓI NA MÍDIA: A primeira aparição do Nunchaku vingador foi no livro Trevas, em 2009, publicado pela Giz Editorial. Desde então, os dois outros volumes da trilogia “Trevas” aguardam publicação. Há projetos do herói marcar presença em um curta e HQ, mas isso, por enquanto, encontra-se no campo das possibilidades.

Literatura:
            - Trevas (Giz Editorial) – 2006

SÍMBOLO:


Nenhum comentário:

Postar um comentário